WhatsappWhatsapp

A lipoenxertia é uma cirurgia plástica que consiste na remoção de gordura de uma determinada área do corpo para preenchimento de outra região

Médico pronto para procedimento de Lipoenxertia nas mamas

Imagem: Shutterstock

O procedimento de lipoenxertia nas mamas é uma técnica cirúrgica que utiliza a gordura do próprio paciente para preencher, definir ou dar volume aos seios, recuperando seu volume e ressaltando esta parte do corpo. O procedimento visa harmonizar partes do corpo que causam algum tipo de insatisfação ao paciente, promovendo seu bem-estar e melhorando sua autoestima.

Também chamada de lipoescultura, a lipoenxertia de mamas é feita a partir da remoção do tecido adiposo de uma determinada área do corpo — geralmente abdômen, costas ou coxas — por meio de uma lipoaspiração, eliminando gordura localizada e permitindo a recuperação do volume dos seios. Entenda a seguir como este tipo de tratamento é feito e descubra quais são os cuidados do pré e pós-operatório!

Como é feita a lipoenxertia nas mamas?

A lipoenxertia nas mamas é feita a partir da retirada do excesso de gordura em determinada área do corpo, por meio de uma lipoaspiração. Após a retirada da gordura em estado bruto, ela é centrifugada e o líquido é retirado, tornando o tecido adiposo adequado para ser inserido em outra região do organismo.

Este é um procedimento cirúrgico em como tal, deve ser realizado em ambiente hospitalar, sob efeito de anestesia e com uma equipe completa e capacitada. O cirurgião plástico marcará as áreas em que será feita a remoção de gordura, bem como as áreas em que a gordura será injetada.

A técnica pode estar associada a próteses mamárias, sendo geralmente recomendada nos casos em que somente a prótese não proporciona o esperado. Além disso, o procedimento é indicado para reconstrução de mama, após a retirada pelo tratamento de câncer.

Quais são as indicações para a lipoenxertia das mamas?

O procedimento é indicado para todas as mulheres que estão insatisfeitas com o tamanho de seus seios, que perderam o volume mamário após perda de peso ou gestação ou para aquelas que passaram por procedimentos cirúrgicos para tratamento do câncer de mama. Em todos os casos, a intervenção visa a recuperação do volume mamário. Isso porque a cirurgia de lipoenxertia das mamas promove um pequeno aumento nas mamas e resultados naturais.

Quais são os cuidados pré-operatórios?

Para garantir o sucesso e a segurança do procedimento, é fundamental que sejam tomados alguns cuidados pré-operatórios à lipoenxertia das mamas. São eles:

  • Não ingerir bebidas alcoólicas, fumar ou usar drogas ilícitas nos 30 dias que antecedem a cirurgia;
  • Se submeter a todos os exames laboratoriais solicitados pelo especialista, em prazo adequado para preparação cirúrgica e avaliação dos riscos cirúrgicos;
  • Manter uma alimentação equilibrada e saudável nos 30 anteriores à cirurgia.

Quais são os riscos da cirurgia de lipoenxertia nas mamas?

Como todo procedimento cirúrgico, a lipoenxertia de mamas envolve riscos — mesmo com todos os cuidados pré e pós-cirúrgicos sendo devidamente tomados. Por conta do menor tempo de recuperação cirúrgica em comparação ao implante de silicone, um dos riscos desta cirurgia é a possibilidade de ocorrer uma embolia gordurosa pulmonar.

Esta é uma intercorrência que ocorre pelo bloqueio dos vasos sanguíneos do pulmão, causado pela presença de gotículas de gordura. Como consequência, o paciente pode apresentar dificuldades para respirar.

É justamente para evitar esses riscos que é tão importante escolher cuidadosamente o profissional que irá se responsabilizar pela cirurgia, assim como seguir todas as suas recomendações pré-operatórias. Além de escolher um profissional capacitado e experiente neste tipo de procedimento, é fundamental que o paciente esteja disposto a contribuir com todos os cuidados necessários durante sua recuperação.

Quais são os cuidados no pós-operatório?

É imprescindível o uso de um sutiã especial por, no mínimo, 60 dias. Este dispositivo auxilia no processo de cicatrização, pois promove conforto, sustentação, favorece a diminuição de inchaço e auxilia na manutenção da posição dos enxertos de gordura realizados.

Além disso, o repouso é um dos pontos mais importantes na recuperação da lipoenxertia nas mamas, sendo recomendado que o paciente evite esforço intenso por pelo menos 30 dias após a realização da cirurgia. A alta hospitalar geralmente ocorre depois de 12 a 24 horas do procedimento, e é esperado que o paciente sinta alguns incômodos ou dores. É importante, entretanto, sempre relatar todos os sintomas ao seu médico, para que ele possa orientar a melhor solução.

Outros pontos que devem ser cumpridos durante o pós-operatório são:

  • Evitar exposição excessiva ao sol;
  • Não realizar atividade física até a liberação médica;
  • Cessar tabagismo por 30 dias após a realização do procedimento;
  • Repouso total de 7 dias.

As indicações do pós-operatório serão feitas pela equipe médica responsável pela cirurgia e devem ser respeitadas para garantir sucesso e satisfação com o resultado. A aparência final do procedimento poderá ser observada cerca de 3 a 4 meses após a intervenção, pois as células de gordura podem sofrer absorção.

Para mais informações sobre a lipoenxertia nas mamas, entre em contato com o Dr. Rogério Mendes e marque sua consulta!

Fontes:

Revista Brasileira de Cirurgia Plástica;

Dr. Rogério Mendes